Fotografia: DR

▶️ Carvalhal garante SC Braga no “máximo das capacidades” para vencer o Farense

Hoje às 20h00.

Redação / NC
29 Nov 2020

Uma equipa do SC Braga no “máximo das capacidades” vai, “declaradamente, tentar vencer” na receção ao Farense, hoje, em jogo da oitava jornada da I Liga de futebol, afirmou o treinador Carlos Carvalhal.

Os guerreiros jogaram na quinta-feira para a Liga Europa, em casa, com o Leicester (3-3), mas o técnico garantiu que a equipa estará na máxima força no domingo, desvalorizando o pouco tempo de preparação do jogo com os algarvios e o eventual cansaço da equipa.

“Essas palavras, eu nem as vou usar [gestão do esforço e cansaço]. Estamos preparados, focados e determinados em vencer o jogo. O contexto em que estamos inseridos é de responsabilidade e fomos nós que o criámos, se tivéssemos sido eliminados da Liga Europa, não estaríamos aqui. Como estamos, e a fazer uma boa campanha, assumimos essa responsabilidade e temos que saber lidar com ela”, afirmou.

O treinador admitiu que gostaria de ter mais tempo para preparar os jogos, mas notou que a realidade é outra.

“Se gostaria de preparar os jogos semana a semana? Evidentemente que sim, mas essa não é a realidade e também não é uma novidade para nós. Temos estado ‘a top’ em todos os jogos e não vai ser diferente com o Farense, vamos estar no máximo das nossas capacidades no domingo”, reforçou.

O técnico frisou “não estar à espera de facilidades” diante do Farense, “um adversário com uma boa organização e um bom treinador, uma equipa que encontrou o caminho nas duas últimas jornadas”, e disse contar com o “foco, empenho e qualidade” da sua equipa para, “declaradamente, tentar vencer” no domingo, “percebendo que será sempre um jogo complicado, como todos da liga portuguesa”.

O treinador lembrou que o SC Braga pratica um “futebol positivo, de cariz ofensivo, porque gosta de ter a bola”.

“Cada semana é um desafio e cada contexto provoca uma atenção redobrada, sempre à espera de dificuldades diferentes. Foi essa a preparação que tivemos, antecipar ao máximo o que o Farense pode fazer, tentar explorar os pontos fracos do Farense, que todas as equipas têm, e manietar os seus pontos fortes”, disse.

David Carmo pode estar de regresso ao ‘onze’, pouco mais de um mês depois de ter sido expulso em Guimarães, à quinta jornada (vitória por 1-0), e cumprido um castigo de três jogos. Questionado sobre a gestão dos “egos” dentro de um plantel curto e de qualidade, Carlos Carvalhal respondeu: “Já treinei o Sporting e o Besiktas, já são muitos anos a ‘virar frangos'”.

“Temos dois jogadores por posição e quando não temos algum, temos um problema. Com o Gaitán e o Moura lesionados, isso causa mossa, ficamos um pouco limitados. Quando falha alguém, e numa sucessão de jogos como esta, recai um esforço maior em determinados jogadores, mas temos vários jogadores com uma capacidade de recuperação”, disse.

Questionado sobre as boas prestações de Iuri Medeiros, Carlos Carvalhal disse não querer individualizar, mas frisou que, na época passada, quando orientou o Rio Ave, vários jogadores “fizeram a melhor época das suas carreiras” e disse estar “convicto” que, esta temporada, isso também vai acontecer no SC Braga.

SC de Braga, segundo classificado da I Liga, com 15 pontos, e Farense, 16.º, com cinco, defrontam-se a partir das 20h00 de domingo, no Estádio Municipal de Braga, jogo da oitava jornada, que será arbitrado por António Nobre, da associação de Leiria.





Notícias relacionadas


Scroll Up