Fotografia: DR

Portugal com 71 mortos e 5.290 novos casos nas últimas 24 horas

Número de doentes internados nos cuidados intensivos nunca foi tão elevado.

Redação/Lusa
25 Nov 2020

Portugal contabiliza hoje mais 71 mortos relacionados com a covid-19 e 5.290 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 4.127 mortes e 274.011 casos de infeção pelo novo coronavírus, estando hoje ativos 80.528 casos, mais 96 do que na terça-feira.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico da DGS revela que estão internadas 3.251 pessoas (menos 24 do que na terça-feira), das quais 517 em cuidados intensivos (mais 11 nas últimas 24 horas).

Das 71 mortes registadas nas últimas 24 horas, 35 ocorreram na região Norte, 25 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 10 na região Centro, e uma no Algarve.

Segundo o boletim, 60,9 por cento dos novos casos situam-se na região Norte, que contabilizou nas últimas 24 horas mais 3.224 infeções, totalizando 143.129 casos e 1.942 mortos desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 1.117 novos casos de infeção, contabilizando-se até agora 92.230 casos de infeção e 1.492 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 506 casos de infeção, contabilizando-se agora 26.455 e 531 mortos.

No Alentejo foram registados mais 256 novos casos, totalizando 5.576 e 102 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 81 novos casos de infeção, somando 4.951 casos e 43 mortos desde o início da pandemia.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 16 novos casos nas últimas 24 horas, somando 844 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou 30 novos casos nas últimas 24 horas, contabilizando 826 infeções e dois óbitos.

A DGS refere também que as autoridades de saúde têm em vigilância 81.946 contactos, menos 214 em relação a terça-feira, e que foram dados como recuperados mais 5.123 doentes, num total acumulado de 189.356 desde o início da pandemia.

No boletim, a Direção-Geral da Saúde precisa que a 16 de novembro houve uma atualização do sistema de tecnologia de análise de dados provenientes do SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica), tendo sido atualizado o número cumulativo de casos confirmados e recuperados nessa data.





Notícias relacionadas


Scroll Up