Fotografia: DM

Vila Verde sensibiliza jovens para a necessidade da proteção ambiental

Câmara Municipal e Agrupamento de Escola de Prado realizaram ação de reflorestação na freguesia de Cervães.

Jorge Oliveira
23 Nov 2020

A vereadora da Cultura da  Município de Vila Verde Júlia Fernandes destacou hoje a importância do envolvimento dos jovens na proteção e preservação ambiental durante uma ação de reflorestação na freguesia de Cervães, integrada na programação do Dia da Floresta Autóctone.

Esta ação de reflorestação contou com a turma do PIEF (Programa Integrado de Educação e Formação) do Agrupamento de Escolas de Prado, constituída maioritariamente por alunos de etnia cigana, que desde o final de setembro até ao início de novembro esteve envolvida num projeto internacional de sensibilização para as alterações climáticas, o “Climate Action Project”. 

A autarca, que ajudou na plantação de cerca de 30 árvores autóctones (carvalho e medronheiros), felicitou o Agrupamento pela iniciativa, referindo que cada vez mais são necessários estes gestos em defesa do nosso planeta.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up