Fotografia: Avelino Lima

“Sugestões do Chef” ajudou a restauração a enfrentar um contexto adverso

Balanço positivo apesar de resultados abaixo do habitual face à conjuntura.

Rita Cunha
5 Nov 2020

O mês de outubro marca, habitualmente, a entrada na “época baixa” no que ao setor da restauração diz respeito e, este ano, face ao contexto adverso que o país atravessa, o cenário é ainda mais desanimador. Iniciativas como o roteiro “Sugestões do Chef”, dinamizada pela Associação Comercial de Braga, têm por objetivo combater a redução da procura por parte dos consumidores, estimulando-os a fazer refeições nos restaurantes aderentes a preços mais baixos. Um propósito que, segundo o diretor-geral, foi cumprido, representando um “balão de oxigénio” para alguns dos espaços aderentes.

Segundo Rui Marques, após uma auscultação junto dos empresários, foi possível apurar que a maioria – cerca de dois terços – considerou «muito positiva» a retoma desta iniciativa que, como é habitual, estava inicialmente agendada para o mês de março mas, devido ao confinamento imposto pela pandemia de covid-19, teve de ser interrompida logo após a primeira semana.

«Realizamos isto num contexto muito adverso, mas o roteiro acabou por criar alguns estímulos positivos em torno do setor e permitiu também que alguns clientes novos fossem aos estabelecimentos e aumentar algum do tráfego», tendo-se registado um aumento de clientes explicou, vincando que, ainda assim, os resultados ficaram «abaixo das expetativas» e do que o setor necessitava «atendendo o contexto difícil que vivemos».

Não obstante este decréscimo na adesão, mais de 90 por cento dos empresários participantes mostrou vontade em aderir no próximo ano, reconhecendo a importância da iniciativa. «Às vezes só o facto de se criar uma comunicação positiva já é um grande ganho», notou.

O dia de hoje foi de balanço desta edição do roteiro e, também, de entrega de prémios aos três vencedores, selecionados por sorteio, e que publicaram fotografias do evento nas redes sociais.

O primeiro prémio, uma estadia para duas pessoas num dos hotéis Vila Galé Collection, foi entregue a Tiago Pereira. Natural de Vouzela mas a viver em Braga há já alguns anos, participou no concurso com duas fotografias em dois restaurantes: uma no El Olivo e outra no Atípica. O premiado enalteceu a iniciativa uma vez que permite conhecer novos espaços. «Vamos sempre a restaurantes que nunca fomos na vida e a alguns deles vamos voltar», confessou Catarina Monteiro, que o acompanha neste “roteiro”.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up