Fotografia: DR

Presidente da SAD do FC Famalicão atira-se à arbitragem de Rui Costa

«O golo, na senda de um que foi anulado ao Braga pelo mesmo árbitro, hoje foi validado, claramente havia um jogador entre a bola e o guarda-redes, (afetando a visão de vaná). Na expulsão, a risca do fora de jogo estava zero centímetros, o que nos faz alguma confusão. Há um penálti no último minuto que o VAR chama e não se concretiza».

Redação / Lusa
3 Nov 2020

O presidente da SAD do Famalicão, Miguel Ribeiro, teceu fortes críticas ao trabalho da equipa de arbitragem liderada por Rui Costa, da AF Porto, após a derrota no reduto do SC Braga.

«Vim fazer um apelo à atenção e à tranquilidade nas decisões, hoje o golo, na senda de um que foi anulado ao Braga pelo mesmo árbitro, hoje foi validado, claramente havia um jogador entre a bola e o guarda-redes, (afetando a visão de vaná). Na expulsão, a risca do fora de jogo estava zero centímetros, o que nos faz alguma confusão. Há um penálti no último minuto que o VAR chama e não se concretiza. São situações capitais num jogo, decisões que interferem em resultados e na essência do jogo. Acho que devemos apelar à tranquilidade nas decisões. Nada nos move contra o árbitro Rui Costa ou contra a arbitragem, mas não podemos deixar de expressar o nosso lamento porque saímos prejudicados nas decisões», afirmou Miguel Ribeiro.





Notícias relacionadas


Scroll Up