Fotografia: Avelino Lima

Cruz Vermelha pede ajuda aos bracarenses no ano em que assinala o seu 150.º aniversário

Até hoje, tinham sido doados quase 80 mil euros, sendo necessário um milhão.

Rita Cunha
29 Out 2020

O ano é de festa para a delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa, que assinala 150 anos ao serviço da comunidade em diversas valências que abrangem todos os extratos da sociedade. E, em momento comemorativo, pede uma prenda: o apoio das instituições, empresas, entidades a título coletivo ou particular no que respeita a concretização das obras de reconstrução do seu edifício-sede situado na Avenida 31 de Janeiro, que se encontra na segunda fase de execução.

Precisamente com esse propósito de envolver a comunidade bracarense, a instituição lançou a campanha “Braga com a Cruz Vermelha”, que visa a angariação de fundos, quer monetários quer em materiais para a obra, dando assim melhores condições para que seja cumprida a missão de «prestar assistência humanitária e social, em especial aos mais vulneráveis».

Recentemente foi ainda lançado o site Braga com a Cruz Vermelha que dá a conhecer a obra à comunidade, apresentando o projeto num vídeo 3D. Nesta página poderão também ser conhecidas todas as necessidades referentes à obra em curso, assim como as suas vantagens sociais e económicas. Aqui, os interessados poderão ainda fazer donativos, que também podem ser entregues pessoalmente, nas instalações da CVP de Braga. O nome dos apoiantes com doações superiores a 100 euros poderão ficar gravados num painel de vidro. Até hoje, tinham sido doados quase 80 mil euros, sendo necessário um milhão.

Trata-se, para a instituição, de uma obra «fundamental» não só pela recuperação de um edifício emblemático da cidade mas também porque melhorará substancialmente as condições de todos os que por ele passarem, permitindo, ao mesmo tempo, agregar um maior número de serviços no mesmo espaço.





Notícias relacionadas


Scroll Up