Fotografia: DR

«MetroBus em Braga e em Guimarães dá resposta ao sistema urbano dos Municípios», diz Domingos Bragança 

Mobilidade.

Redação
26 Out 2020

No final da Reunião do Executivo Municipal, que decorreu na manhã desta segunda-feira, Domingos Bragança referiu que o Metro-Bus anunciado para Guimarães e para Braga, no Plano de Investimento Nacional, é uma solução de mobilidade que, no caso de Guimarães, vem dar resposta à ligação intraconcelhia, operando no eixo que liga Moreira de Cónegos à Vila das Taipas, restruturando o sistema urbano do Concelho de Guimarães de uma forma sistémica.

O presidente da Câmara fez questão de frisar que o MetroBus em Guimarães e em Braga não dispensará uma ligação entre as duas cidades, a ser feita, preferencialmente, por um sistema de Tramway (ou metro de superfície), com a indispensável ligação ao eixo de alta velocidade ferroviário, que ligará o Porto a Vigo, ligação essa a ser concretizada no horizonte temporal de 2020 a 2030.

A esse propósito, Domingos Bragança referiu ser necessário «começar já a trabalhar, caso contrário perdemos esta oportunidade», não deixando de referir o que já foi feito, nomeadamente as reuniões com o Governo, bem como das equipas de técnicos dos Municípios de Guimarães e Braga.

«Até 2025, o trabalho que realizarmos é decisivo, uma vez que a partir dessa data entraremos na fase de execução em obra. É por esse motivo que os estudos que estão a ser elaborados por uma equipa dedicada ao sistema de transportes dos dois Municípios é fundamental para que sejam tomadas as melhores opções para o futuro. Com estas ligações internas e posterior ligação entre Guimarães Braga, ficaremos no topo das cidades europeias no que diz respeito a ligações viárias», frisou.





Notícias relacionadas


Scroll Up