Fotografia: Avelino Lima

D. Jorge Ortiga pede aos cristãos responsabilidade pelos outros

Na mensagem para o Dia da Arquidiocese de Braga, que será celebrado na próxima segunda-feira.

Jorge Oliveira
3 Out 2020

O Arcebispo de Braga, na sua mensagem para o Dia da Arquidiocese, que celebra-se segunda-feira, 5 de outubro, apela à «responsabilidade» das comunidades cristãs para que não permitam a «indiferença ou o alheamento» face às situações provocadas por esta crise pandémica e social.

«O cristão não pode aceitar a marginalidade ou a exclusão social. Apercebe-se do sofrimento alheio, material e espiritual, e deixa-se tocar compassivamente para pegar nele, e sobretudo encontrar soluções de um modo interpessoal ou através das instituições a que a comunidade dá vida”, realça D. Jorge Ortiga.

Num ano pastoral que «tudo indica será diferente» e «exigente», a Igreja Diocesana é desafiada a «reinventar a pastoral» e a não «cruzar os braços», discernindo «caminhos novos».

«São muitos os desafios perante a imprevisibilidade mas a esperança deve ser superior», acrescenta o prelado.

Este ano, devido à pandemia de Covid-19, não haverá celebrações do Dia da Arquidiocese a nível arciprestal ou arquidiocesano. Tudo acontecerá nas paróquias em comunhão eclesial.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up