Fotografia: DR

Ponte da Barca apoia IPSS “afetadas” pela pandemia

Município assina protocolos com cinco instituições.

Redação
30 Set 2020

O município de Ponte da Barca disponibilizou 12 mil euros para apoiar as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) que prestam apoio domiciliário no concelho neste contexto de pandemia, causada pelo Covid-19.

Numa nota à imprensa, a câmara municipal justifica estes apoios com a finalidade de «assegurar o bem estar social e qualidade de vida dos munícipes», tornando-se «imprescindível a contribuição da Autarquia no âmbito da ação social».

«As IPSS têm vindo a fazer um excecional trabalho de apoio à população e verificaram um aumento muito importante na sua ação, o que se traduz num aumento significativo de custos operacionais», sustenta a autarquia.

Os protocolos foram assinados nos Paços do Concelho pelo presidente da Câmara de Ponte da Barca e os representantes de cada IPSS, nomeadamente da Santa Casa da Misericórdia de Ponte da Barca e do Centro Social de Entre Ambos-os-Rios, que recebem 3 mil euros cada uma, e da Associação Social e Cultural dos Amigos de Ponte da Barca, do Centro Social de Lavradas e da Associação Social e Cultural da Freguesia de Britelo, contempladas com 2 mil euros.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up