Fotografia: DR

UMinho tem três novos estudantes com nota 20

Ensino Superior.

Redação
28 Set 2020

A Universidade do Minho tem três estudantes que entraram este ano letivo com média de 20 valores.

Rui Pedro Oliveira, do Colégio D. Diogo de Sousa (Braga), escolheu Engenharia Informática, Andreia Ferreira, da Secundária Francisco de Holanda (Guimarães), optou por Contabilidade e Margarida Gonçalves, da Secundária da Póvoa de Lanhoso, vai para Línguas Aplicadas.

A UMinho conta com um recorde de 3100 novos alunos que ingressaram nesta primeira fase do concurso nacional de acesso.

“Foi lógico escolher a UMinho, porque é uma referência nacional em Informática, porque todos me falam bem do curso, porque há um importante conjunto de empresas à volta e, também, porque sou de Braga”, justifica Rui Pedro Oliveira. O jovem de 18 anos está expectante para o início da vida académica e admite definir o seu futuro profissional só a partir do mestrado, pois a sua área “está em desenvolvimento constante”.

Já Margarida Gonçalves, de 50 anos, trabalhou 20 anos numa empresa de âmbito internacional e decidiu voltar a estudar durante a pandemia. Obteve nota máxima no exame nacional em Alemão e sente-se motivada para a licenciatura em Línguas Aplicadas, reconhecendo-lhe a “excelência curricular”. Tem “as melhores referências” da UMinho, onde a sua filha estuda Psicologia.

Andreia Ferreira, de 40 anos, quer reforçar competências em Contabilidade, área na qual trabalha. Entrou com a média do exame nacional de Economia e tem “grandes expetativas” no curso, que pretende fazer como trabalhadora-estudante e que pode contribuir na sua progressão de carreira.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up