Fotografia: Nuno Cerqueira

Monárquicos querem mais eficácia no combate ao «terrorismo ambiental» no rio Este

Ambiente.

Nuno Cerqueira
27 Set 2020

O deputado Municipal do Partido Popular Monárquico (PPM) recomendou na Assembleia Municipal «maior eficácia» naquilo que classificou como «terrorismo ambiental» no combate à poluição no rio Este.

«Todos os dias vemos nas redes sociais os problemas relatados e praticamente na hora. Descargas e mais descargas no rio Este», disse Borges Macedo, pedindo na Assembleia «um plano de ação contra a poluição no rio Este, envolvendo Agere, UMinho e empresas tecnológicas do concelho».

«O objetivo é conseguir forma de monitorizar os diversos efluentes em tempo real e, se possível, conseguir chegar à empresa que tenha efetuado a descarga ilegal», apontou o deputado municipal.

O PPM quer mesmo uma verba do orçamento da Câmara que permita a proteção das espécies animais e vegetais em risco nos rio, assim como «publicar análises diárias ou semanais com informação detalhada da água de forma a sociedade ter acesso a tudo que se passa no rio Este», frisou Borges Macedo.





Notícias relacionadas


Scroll Up