Fotografia: Avelino Lima

Sá de Miranda e André Soares abriram portas em segurança para o ano escolar mais atípico de sempre

A receção aos alunos decorreu com tranquilidade nos dois agrupamentos

Carla Esteves
16 Set 2020

Ainda não eram 09h00 e já se vivia um frenesim de antecipação nas escolas de pelo menos dois agrupamentos da cidade, que depois de meses de portas encerradas, abriram hoje à comunidade escolar

No Agrupamento de Escolas Sá de Miranda e no Agrupamento de Escolas André Soares hoje foi o primeiro dia para muitas crianças e jovens que irão frequentar os estabelecimentos pela primeira vez. Em ambos os casos, o regresso fez-se com tranquilidade, e seguindo à risca os planos de contingência, zelando para que o ano escolar mais atípico de que há memória decorra em segurança.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up