Fotografia: DR

«Pandemia deve ser oportunidade para gerar uma Igreja nova e diferente»

Celebração da missa que assinala a 127.ª da Grande Peregrinação do Arciprestado de Guimarães e Vizela.

Carla Esteves
13 Set 2020

O Arcebispo de Braga instou, ontem, aqueles que se encontravam no Santuário de Nossa Senhora da Penha, em Guimarães, e os que acompanharam a missa solene por via digital, a transformar a pandemia  numa «oportunidade para gerar uma Igreja nova e diferente».

Segundo D. Jorge Ortiga «é tempo de  intuir qual o espírito desta Igreja que queremos para hoje» e de fazer cair «muito do quotidiano que foi válido nas paróquias noutros tempos para encontrar uma Igreja mais pura», através de um maior encontro com a Palavra do Senhor.

Durante a homilia D. Jorge enfatizou a importância do encontro com a Palavra de Deus para a concretização desta Igreja renovada e defendeu que a pandemia pode ser um período para nos aproximarmos da Palavra, permitindo que ela nos motive.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up