Espaço do Diário do Minho

Saúde escolar: o início de uma nova etapa

11 Set 2020
Olga Rodrigues

Atualmente, o mundo está a viver uma situação inédita e excecional, a pandemia COVID-19, que nos tem obrigado a adotar novos hábitos e comportamentos, completamente diferentes do que estávamos habituados.

Avizinha-se o início do novo ano letivo, este em particular com muitos desafios e incertezas, que implica um conjunto de cuidados específicos, necessários para garantir todas as condições de segurança.

Para a proteção de todos, o que mais importa é sem dúvida o comportamento responsável na escola e na comunidade em geral.

Assim pretendemos alertar toda a comunidade escolar para a importância de cumprir as normas impostas pela Direção Geral da Saúde. Assim, deverá proceder-se a uma reorganização da escola, nomeadamente:

– Definir circuitos de entrada /saída da escola e das salas de aula, de forma a impedir um maior cruzamento de pessoas;

– Sempre que possível manter lugares fixos na sala de aula e a turma na mesma sala durante aquele dia;

– Assegurar que as secretárias estejam viradas todas no mesmo sentido, de forma a evitar que os alunos fiquem virados de frente uns para os outros;

– Assegurar a existência de saídas de água em vários locais da escola, para a lavagem das mãos com água e sabão;

– Disponibilizar toalhetes de papel, com os respetivos locais para a colocação do lixo;

– Manter as casas de banho limpas e arejadas, e organizar os horários de limpeza e desinfeção;

– Disponibilizar dispensadores de solução alcoólica com concentração de 70% (um por sala e em locais estratégicos, como por exemplo no início da fila do refeitório);

– Divulgar cartazes informativos com as medidas preventivas;

– Garantir distanciamento de 1,5-2 metros entre alunos nas salas de aula;

– Manter os espaços arejados, sempre que possível;

– Desinfetar as superfícies e os objetos partilhados várias vezes ao dia;

– Não permitir partilha de objetos nem de material escolar;

– Suspender atividades comunitárias e com grandes grupos.

Resumindo, toda a comunidade escolar (docente, não docente e alunos) deve:

• Cumprir as medidas de distanciamento social, higiene pessoal e ambiental;

• Manter as principais portas de acesso abertas, de forma a evitar o manuseamento das mesmas por várias pessoas;

• Higienizar as mãos à entrada e saída do recinto escolar e sempre que assim o entender;

• Usar máscara em todas as atividades letivas e nos espaços circundantes;

• Isolamento precoce dos casos sintomáticos, coordenação atempada com a saúde escolar e a linha de apoio saúde 24 (808 24 24 24), seguindo as recomendações que forem dadas.

Se todos agirmos em conformidade com as normas impostas pela Direção Geral da Saúde, conseguiremos minimizar os efeitos da Pandemia.

Agora mais do que nunca, é fundamental o cumprimento das regras e medidas de segurança por todos os intervenientes, pais, educadores e alunos.

Agora mais do que nunca, o papel parental é fundamental no cumprimento das regras e medidas de segurança. Se os pais as cumprirem, os seus filhos seguirão o seu exemplo.



Mais de Olga Rodrigues


Scroll Up