Fotografia: DM

Vieira do Minho, Melgaço e Paredes de Coura “escapam” a aumento de casos de infeção

Relatório de hoje da DGS.

Rita Cunha
7 Set 2020

O Minho registou, na última semana, 339 novos casos de Covid-19: 297 no distrito de Braga e 42 no de Viana do Castelo. Desde o início da pandemia, a região contabiliza 5.031 casos no total. Apenas os concelhos de Vieira do Minho, Paredes de Coura e Melgaço não somam novos casos, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado hoje pela DGS.

No que respeita o distrito de Braga, com 4.375 casos no total, a capital continua a ser o concelho com maior número e infetados, contando hoje com um total de 1.414 (mais 35 do que no dia 1 de setembro).
Contudo, foi em Guimarães que se registou a maior subida (mais 108 casos), contabilizando agora 933. De destacar, aqui, que o número de bombeiros infetados da corporação vimaranense subiu de um para seis, mantendo-se dez em vigilância. O primeiro caso positivo detetado na quarta-feira, de um bombeiro, está «internado» e «estável». «Depois do primeiro caso, 15 operacionais foram postos em vigilância e, destes, cinco testaram positivo», adiantou o comandante.
Vila Nova de Famalicão também teve um acréscimo acentuado, registando mais 79 casos positivos (629 no total). Vila Verde conta com mais 28 casos, num total de 336.De resto, Barcelos contabiliza 357 casos (mais seis), Vizela 170 (mais dez), Fafe 149 (mais sete), Amares cem (mais seis), Póvoa de Lanhoso 93 (mais oito), Esposende 66 (mais dois), Celorico de Basto 31 (mais dois), Cabeceiras de Basto 27 (mais quatro) e Terras de Bouro 23 (mais dois). Vieira do Minho mantém os 38 casos da semana passada.

Quanto ao distrito de Viana do Castelo, com 656 casos no total, também é na capital que se regista o maior número de infeções: 258 no total (mais 17 do que há uma semana). Nos restantes concelhos – à exceção de Melgaço que mantém os 67 casos e Paredes de Coura com oito -, só há subidas a registar. Monção é o segundo concelho do distrito em termos de casos, com 76 (mais dois), seguindo-se Arcos de Valdevez, com 76 (mais dois), Ponte de Lima com 47 (mais três), Caminha com 33 (mais quatro), Ponte da Barca com 18 (mais quatro), Valença com 16 (mais dois), Vila Nova de Cerveira com 14 (mais quatro).
A nível nacional, Portugal contabilizava ontem mais três mortos e 249 novos casos de infeção. Segundo o boletim epidemiológico, desde o início da pandemia Portugal registou 1.843 mortes e 60.507 casos.

Entretanto, a Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar deu nota da infeção de seis pessoas na zona piscatória da Póvoa de Varzim e Vila do Conde: três pescadores e três ligadas à pesca.





Notícias relacionadas


Scroll Up