Fotografia: Nuno Cerqueira

Época balnear foi prolongada mas a maior praia de Esposende está sem vigilância e concessionário

É a praia com maior capacidade de receber pessoas no concelho.

Nuno Cerqueira
3 Set 2020

A praia Suave Mar nas Marinhas, a que maior capacidade de pessoas apresenta (3000) no concelho de Esposende, está sem qualquer tipo de apoio, incluindo nadadores salva-vidas ou controlo face à ocupação da praia, que tem bandeira azul e é de qualidade ouro, como obriga a DGS.

Apesar da época balnear ter sido alargada até ao dia 13 de setembro (ver aqui) em Esposende, assim como em todo o norte, desde o início do mês que não há qualquer tipo de apoio à praia.

Os nadadores salva-vidas foram retirados e o concessionário já desmobilizou do local. Também não há qualquer registo face à ocupação, que no caso é de três mil pessoas, fazendo temer os dois fim de semanas que ainda faltam para o fim da época balnear.

Em declarações a este jornal, Ivo Real, represente da Associação dos Concessionários de Praia do Concelho de Esposende, a IODO, confirmou a situação.

«Apesar da época ter sido prolongada, os concessionários tinham a opção de querer prolongar ou não. No concelho de Esposende o concessionário da praia Suave Mar optou por não prolongar por razões económicas», referiu Ivo Real.

O representante da IODO dá conta que as praias de Cepães (Marinhas), Ofir (Fão) e Apúlia continuam com vigilância e os concessionários no local.

A situação deixou os utentes da praia preocupados face ao facto da praia, a mais procurada do lado norte do concelho, não ter nadadores salva-vidas e sem indicações de ocupação como manda a DGS.





Notícias relacionadas


Scroll Up