Fotografia: DM

Parque Natural Litoral Norte formaliza adesão ao modelo de cogestão

Protocolo é assinado amanhã em Esposende e prevê 100 mil euros para apoio técnico e operacional.

Redação
2 Set 2020

A Câmara Municipal de Esposende, o Fundo Ambiental e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) assinam amanhã um protocolo, em Esposende, para a adesão do Parque Natural do Litoral Norte ao modelo de cogestão das áreas protegidas.

A sessão tem lugar no Auditório Municipal, às 12h00, e é presidida pelo secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino.

O Gabinete do Ministro do Ambiente e da Ação Climática adianta, numa nota à imprensa, que este protocolo prevê uma verba de 100 mil euros para «apoio técnico e operacional e para atividades prioritárias de promoção da cogestão desta reserva natural, por um período de 36 meses».

O Parque Natural do Litoral Norte é a terceira área protegida de âmbito nacional, de um total de 32, e a primeira da região Norte, a formalizar com o Fundo Ambiental a adesão ao modelo de cogestão.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up