Fotografia: DR

Bruno Magalhães vence Rali do Alto Tâmega e assume liderança do Nacional de ralis

Recuperou com sucesso a desvantagem para Armindo Araújo.

Redação/Lusa
30 Ago 2020

O piloto Bruno Magalhães venceu hoje o Rali do Alto Tâmega e ascendeu à liderança do Campeonato de Portugal de ralis, após a quarta prova do calendário de 2020.

Depois de terminar o primeiro dia a 2,3 segundos de Armindo Araújo (Skoda Fabia R5), o piloto do Hyundai i20 R5 atacou forte nas primeiras três especiais do dia, a dupla passagem pelo troço de Chaves-Boticas (19,4 km) e Boticas (14,23 km), vencendo as três, entrando para a ‘power stage’ com 11,6 segundos de vantagem sobre o pentacampeão nacional e que tinha chegado a esta prova na liderança do campeonato.

Uma diferença confortável, que geriu sem problemas, vencendo o Rali do Alto Tâmega com 11,2 segundos de vantagem para Armindo Araújo.

O algarvio Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5), campeão nacional em título, fechou o pódio, com mais 34 segundos do que o vencedor, mas somou os três pontos do triunfo na ‘power stage’.

José Pedro Fontes (Citroen C3 R5) foi quarto classificado, a 48,9 segundos da frente, e Pedro Meireles (Volkswagen Polo R5) completou o `top 5´, a 57,3 segundos de Bruno Magalhães.

O Campeonato de Portugal de Ralis regressa apenas nos dias 09 e 10 de outubro, com o Rali Vidreiro, na Marinha Grande, depois de ter sido cancelado o Rali dos Açores, prova que estava prevista ir para a estrada entre os dias 11 e 19 de setembro.

Para compensar a ausência da prova açoriana, a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) informou que está em estudo a possibilidade de o Rali Terras D´Aboboreira, organizado pelo Clube Automóvel de Amarante, nos dias 30 e 31 de outubro, vir a integrar o campeonato.





Notícias relacionadas


Scroll Up