Fotografia: Cedida ao Diário do Minho

Cineasta finlandês escolhe Apúlia para rodar “Yellow Sulphur Sky”

Concelho de Esposende.

Nuno Cerqueira
29 Ago 2020

A praia de Apúlia, na zona sul do concelho de Esposende, recebe até hoje parte da rodagem da longa-metragem finlandesa “Yellow Sulfur Sky”.

Realizado pelo cineasta finlandês Claes Olsson, o filme é inspirado no romance sueco de Kjell Westö.

«Uma história de amor e amizade», afirma em exclusivo a este jornal Claes Olsson, que acabou recebido na Câmara de Esposende, depois de te estado no areal de Apúlia num perímetro isolado pela autoridade para assegurar a normalidade do trabalho do staff.

Claes Olson afirmou ainda que escolheu Apúlia para parte das filmagens pelo «cenário natural, enquadrado na tipicidade da pesca artesanal».

«A comunicada piscatória de Apúlia tem essa autenticidade. Comunidade que também colaborou nas filmagens», disse.

Já nos Paços do Concelho, onde foi recebido pela vice-presidente da Câmara, Alexandra Roeger, e pelo vereador do Turismo, Sérgio Mano, foi vincado o “perfil” turístico do concelho.

«A escolha do nosso território, especificamente a Vila de Apúlia, para integrar as filmagens de “Yellow Sulphur Sky”, não é mais do que reafirmar o nosso concelho como um verdadeiro “Privilégio da Natureza”, onde os usos e os costumes continuam a ser respeitados e cada vez mais valorizados, como é o caso da atividade piscatória», referiram os responsáveis da autarquia.

O cineasta vai agora para o Porto para continuar a rodagem do filme.





Notícias relacionadas


Scroll Up