Fotografia: Direcção-Geral de Saúde

DGS emite documento com orientações para regresso do desporto federado

A entidade gestora do espaço onde decorra a prática de desporto ou competições desportivas, bem como as federações e os clubes, devem elaborar e implementar um Plano de Contingência próprio para a COVID-19.

Pedro Vieira da Silva
25 Ago 2020

A Direção-Geral de Saúde emitiu, hoje, a orientação 036/2020, de 25/08/2020, que determina as condições de funcionamento para o Desporto Federado, Competições Desportivas e Federações Desportivas com Utilidade Pública Desportiva.

Este documento refere-se às infraestruturas desportivas e outros espaços onde decorra prática e competição de desporto federado.

«Uma vez que o risco da modalidade e a responsabilidade inerente às federações varia entre modalidades desportivas, pretende-se definir orientações específicas que permitam um regresso aos treinos e competições em segurança, minimizando o risco de transmissão do SARS-CoV-2.
Além disso, por forma a garantir o cumprimento destas orientações para a proteção da Saúde Pública, são, no atual momento epidemiológico, apenas consideradas, a retoma da atividade desportiva enquadrada por federações desportivas com estatuto de utilidade pública desportiva, nos termos do Decreto-Lei n.º 248-B/2008 de 31 de dezembro, na sua redação atual», pode ler-se logo nas primeiras páginas do documento.





Notícias relacionadas


Scroll Up