Fotografia: Brif Laza

▶️ Piloto português do Canadair que caiu no Xurés morreu

Incêndio Lóbios / Lindoso.

Nuno Cerqueira
8 Ago 2020

O piloto português do Canadair espanhol, ao serviço do governo português, que cai no Xurés, na região de Lóbios, Galiza / Espanha, não resistiu aos graves ferimentos e acabou por morrer.

Jorge Jardim, 65 anos e português, seguia ao lado de outro piloto do Canadair, com 39 anos e de nacionalidade espanhola, e que ficou em estado grave, sendo transferido de helicóptero para o Hospital de Braga.

O aparelho sofreu um acidente durante o combate de um dos incêndios registados entre o Parque Natural do Xurés e o Parque Nacional da Peneda Gerês, na fronteira entre Lóbios e Ponte da Barca, no Monte de Santa Eufémia, Lóbios.

Os pilotos, após o abastecimento e ao perceber que não estava a conseguir ganhar altitude, ainda tentaram libertar a água toda depositada no avião, mas mesmo assim não evitaram a queda do Canadair.

Uma equipa da Briaf Laza – equivalente em Portugal à Força Especial de Bombeiros “Canarinhos”-  foi a primeira a chegar ao local, prestando socorro imediato, ao mesmo tempo que aguardaram pelos serviços de emergência que demoraram uma hora para chegar ao ponto de impacto, de difícil acesso.

Segundo o Governo espanhol, o hidroavião, um CL-2015 da empresa civil Babcock, tem sede em Matacán, Salamanca, à qual o governo de Portugal alugou três aeronaves – duas operacionais e uma reserva – operadas pela Protecção Civil (ANPC) no aeródromo de Castelo Branco.





Notícias relacionadas


Scroll Up