Fotografia: Nuno Cerqueira

Sapadores Florestais vão proteger perímetro florestal do Mosteiro de Tibães

Cerimónia decorre no Alto da Vela.

Nuno Cerqueira
29 Jul 2020

É apresentado amanhã, em Braga, uma nova equipa de Sapadores de Florestais que terá como principal missão proteger o perímetro florestal do Mosteiro de Tibães.

«Constituída por cinco elementos com uma viatura de apoio cedida pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a equipa incide a sua intervenção sobre os perímetros florestais do Mosteiro de São Martinho de Tibães, zonas que têm grande relevância, não apenas no contexto florestal, mas também no plano ambiental, paisagístico, cultural, religioso e turístico, cuja preservação e protecção é fundamental e é uma prioridade em termos da defesa da floresta contra incêndios», disse a este jornal fonte da Associação Florestal do Cávado (AFC).

A apresentação desta equipa decorre a 30 de Julho, pelas 11h30, no Clube de Caçadores de Braga, localizado na Variante do Alto da Vela.

A viatura, cedida pelo ICNF em regime de comodato, representa um investimento de cerca de 110 mil euros. As manutenções do veículo ficam a cargo da AFC.

Os salários dos sapadores são assegurados pelo ICNF e pela Câmara Municipal de Braga que assegura, para o efeito, uma comparticipação de 50 mil euros anuais.

40 Sapadores Florestai a cargo da AFC (ver aqui).





Notícias relacionadas


Scroll Up