Fotografia:

BE denuncia cativação de verbas para trabalhadores do Hospital de Braga

Deputados do Bloco eleitos pelo distrito consideram «inaceitável» alegada intromissão do Ministério das Finanças.

27 Jul 2020

Os deputados do Bloco de Esquerda eleitos por Braga, José Maria Cardoso e Alexandra Vieira, denunciaram hoje uma alegada cativação de verbas por parte do Ministério das Finanças que impossibilita o Ministério da Saúde de regularizar a situação contratual de cerca de 800 trabalhadores das carreiras gerais do Hospital de Braga.

A denúncia foi feita após uma reunião de trabalho com o Conselho de Administração daquela unidade de saúde, solicitada com o objetivo de analisar questões relacionadas com a passagem do Hospital a gestão pública e a situação laboral dos trabalhadores.

«O que nos foi dito em relação às carreiras destes trabalhadores e que motivou a greve da semana passada de um conjunto de profissionais aqui no Hospital é que pela Administração a situação estaria resolvida, têm inclusive já previsto no orçamento de 2020 essa possibilidade, mas o Ministério das Finanças ainda não deu o aval e, portanto, não permite que essa situação se venha a verificar, o que é de todo inqualificável e inaceitável», disse José Maria Cardoso.

Os cerca de 800 trabalhadores exigem que no Hospital de Braga seja feita a adesão ao Acordo Coletivo de Trabalho, alegando que estão a ser «discriminados e a perder dinheiro e direitos».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up