Fotografia: DGD

Mais 216 pessoas recuperadas e menos pessoas internadas e em UCI

Nas últimas 24 horas, o número de pessoas internadas desceu para 439 (menos 13 do que no sábado) e nos cuidados intensivos estão agora 61 pessoas (menos quatro). A DGS só actualizará os dados referentes aos concelhos uma vez por semana (às segundas-feiras).

Pedro Vieira da Silva / Lusa
19 Jul 2020

Depois de cinco dias consecutivos a diminuir o número de casos ativos, Portugal registou, hoje, uma ligeira subida nesse número (mais 25) mas o destaque vai para o número de pessoas dadas como recuperadas: mais 216, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Eis os números dos casos activos (número total de casos menos o número de mortos e menos o número de pessoas recuperadas) nos últimos dias: 13.833 (dia 14), 13.640 (dia 15), 13.610 (dia 16), 13.605 (dia 17), 13.553 (dia 18) e 13.578 (dia 19). Portanto, nos últimos seis dias, em cinco deles registou-se um abaixamento do número de casos activos em Portugal.

Portugal regista hoje mais cinco mortes e 246 novos casos de infeção por covid-19, em relação a sábado, 214 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim, desde o início da pandemia até hoje registam-se 48.636 casos de infeção confirmados e 1.689 mortes.

Lisboa e Vale do Tejo é a região onde o aumento dos casos continua a ser mais significativo, contabilizando 87% dos novos casos, com 214 dos 246 contabilizados.

Foi também na zona de Lisboa que ocorreram os cinco casos mortais registados nas últimas 24 horas: quatro dizem respeito a pessoas com pelo menos 80 anos e o quinto caso refere-se a um infetado na faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Segundo o boletim, diminuiu o número de pessoas internadas, assim como em cuidados intensivos, e há mais 216 pessoas recuperados nas últimas 24 horas.

Nas últimas 24 horas, o número de pessoas internadas desceu para 439 (menos 13 do que no sábado) e nos cuidados intensivos estão agora 61 pessoas (menos quatro).

Em relação à informação sobre os casos por concelho, a DGS diz que se refere ao total de notificações médicas no sistema SINAVE, não incluindo notificações laboratoriais. Como tal, pode não corresponder à totalidade dos casos por concelho.

A DGS informa ainda a caracterização demográfica apenas será atualizada às segundas-feiras, pelo que os três concelhos com mais casos confirmados continuam a ser Lisboa (4.084), Sintra (3.219) e Loures (2.088).





Notícias relacionadas


Scroll Up