Fotografia: DR
Arcebispo de Braga lembra que a alegria está «no que se dá»

D. Jorge Ortiga destacou a importância das pequenas coisas para a felicidade de cada um.

Rita Cunha
21 Mai 2020

É no que se dá e não no que se tem que reside a alegria, lembrou ontem o Arcebispo de Braga. D. Jorge Ortiga, que falava na celebração da eucaristia a que presidiu na capela do Paço Arquiepiscopal, transmitida pelos canais online da Arquidiocese, destacou a importância da alegria na vida de cada um, motivo pelo qual «ela nos deve acompanhar sempre».

Fazendo alusão à «incerteza» dos tempos que correm e que podem levar a «mergulhar em dúvidas, com pensamentos que tornam o presente e o futuro demasiado sombrios», o Arcebispo de Braga deixa um apelo: «teremos de nos animar e colocar ardor no nosso dia-a-dia».

«Acreditamos que Cristo nos criou para a alegria e é nesta que devemos viver. Ela é o resultado da fé mas também a conquista de quem acredita e de quem aceita a vida e a procura ver sempre de uma maneira positiva», disse.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up