Fotografia:
E foram-se os “mecos”…

Vivemos hoje o início de mais uma etapa de desconfinamento. Para muitos, será certamente o voltar à estrada, depois de um período em que os popós estiveram a descansar. Uma vez que o trânsito vai certamente voltar a aumentar, chama- mos a atenção dos senhores mandantes para a falta de “mecos” em diver- sos pontos […]

18 Mai 2020

Vivemos hoje o início de mais uma etapa de desconfinamento. Para muitos, será certamente o voltar à estrada, depois de um período em que os popós estiveram a descansar.

Uma vez que o trânsito vai certamente voltar a aumentar, chama- mos a atenção dos senhores mandantes para a falta de “mecos” em diver- sos pontos da cidade, como se pode ver pela imagem da rotunda Santos da Cunha, mas que também se verifica, por exemplo, nos túneis.

Para todos, fica o alerta para repensarmos se a deslocação de carro é mes- mo a melhor opção ou se há alternativas mais sustentáveis. É que este tem- po de abrandamento mostrou que o planeta agradece que o homem não o destrua e que temos todos a ganhar com a saúde da nossa casa comum. Se tudo continuar na mesma, então… boa bai ela!





Notícias relacionadas


Scroll Up