Fotografia: Ana Marques Pinheiro

Braga ganha novo ritmo com segunda fase de desconfinamento

Ruas da cidade começam a sentir mais movimento.

Ana Marques Pinheiro
18 Mai 2020

As ruas da cidade de Braga voltam, aos poucos, ao ritmo “normal”. As máscaras e o distanciamento social obrigam a novas formas de cumprimentar.

Os restaurantes e cafés cumprem à risca as novas medidas de higiene e segurança e querem, acima de tudo, mostrar «confiança aos clientes». 

O Café Vianna esteve fechado dois meses. «É o primeiro dia do resto das nossas vidas», disse o gerente Mário Pereira.

«Nós estivemos duas semanas a preparar todas as novas medidas. Criamos um protocolo interno para recebermos a mercadoria, de como vamos entrar e sair do trabalho e a parte da limpeza será ainda mais reforçada», descreveu o responsável.

O Café Vianna efetuou ainda o distanciamento das mesas no interior, nos claustros e na esplanada.

 «As pessoas vão estar distantes umas das outras e confortáveis. Na esplanadas de 140 passamos para 60 lugares», afirmou. Mário Pereira dá conta que as pessoas estão com muito receio da parte do restaurante. No estabelecimento que gere reduziram a carta e esta pode ser consultada através de um código de qr code.

[Notícia completa na edição de amanhã do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up