Fotografia: DM

D. Jorge incentiva finalistas a colocarem conhecimentos ao serviço da sociedade

Arcebispo de Braga deixou uma mensagem de esperança, solidariedade e humanismo aos jovens universitários

Carla Esteves
10 Mai 2020

Se a Covid-19 não tivesse mudado o rumo da vida como até agora a conhecíamos, ontem teria sido um dia memorável para muitos  estudantes da Universidade do Minho (UMinho), que participariam na sua missa de benção de finalistas, inserida nas Monumentais Festas do Enterro da Gata.

Canceladas que foram as bençãos de finalistas por todo o país, o Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, e o diretor do Serviço Nacional da Pastoral do Ensino Superior, padre Eduardo Duque, não quiseram que esta data passasse em branco e deixaram aos estudante do Ensino Superior uma mensagem de esperança, pedindo-lhes que tenham coragem e não deixem a solidariedade morrer.

Dirigindo aos finalistas uma mensagem sentida, publicada em vídeo na Pastoral Universitária de Braga, D. Jorge Ortiga pediu aos que terminam o seu percurso académico este ano, que embora impossibilitados de celebrarem juntos este marco importante, «não deixem de o celebrar junto da família e virtualmente junto dos colegas e amigos da academia».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up