Fotografia: DM

Pevidém SC e Vianense promovidos ao Campeonato de Portugal

O número de clubes a disputar as competições não profissionais, III Liga e Campeonato de Portugal, vai «reduzir-se até 76», em 2023/24.

Pedro Vieira da Silva / Lusa
6 Mai 2020

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai criar em 2021/22 a III Liga, um novo terceiro escalão, acima do Campeonato de Portugal, ao qual vão subir, já na próxima época, os campeões distritais, anunciou hoje o organismo.

 

O Pevidém SC, líder da Pró-Nacional da AF Braga, deverá ser o clube indicado pela associação bracarense a subir aos nacionais.

 

A AF Viana deve indicar, por sua vez, o Vianense para ascender ao Campeonato de Portugal.

 

 

Em comunicado, a FPF dá conta da reestruturação do terceiro escalão do futebol nacional – abaixo das duas competições profissionais, I Liga e II Liga –, que, em 2020/21, vai contar com 96 equipas, mais 24 do que em 2019/20.

 

 

Este «alargamento» resulta da despromoção de duas equipas da II Liga, nomeadamente Cova da Piedade e Casa Pia, dos 70 emblemas que se mantiveram, uma vez que não houve descidas aos distritais, dos 20 promovidos das competições regionais e de quatro novas equipas B.

 

 

Os 96 clubes vão ser organizados em oito séries de 12 equipas, nas quais os campeões vão apurar-se para o acesso à II Liga, os quatro seguintes (do segundo ao quinto) para o acesso à III Liga e os últimos quatro (do nono ao 12.º) são despromovidos aos distritais.

As duas vagas para o segundo escalão vão ser disputadas em duas séries de quatro equipas, subindo o vencedor de cada uma delas. Já o acesso à III Liga prevê oito séries de quatro clubes, colocando os dois primeiros na nova competição.

 

<p align=”JUSTIFY”><span class=”credit_foto_editor_part2″>[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]</span></p>





Notícias relacionadas


Scroll Up