Fotografia: DM

Município vai pagar subsídios de refeição se a DGAL der parecer positivo

Ricardo Rio alega que o pagamento dos subsídios dos trabalhadores que estão em regime de disponibilidade no domicílio só será efetuado se houver «respalde legal».

Carla Esteves
4 Mai 2020

A Câmara Municipal de Braga pagará os subsídios de refeição aos trabalhadores que se encontram em “regime de disponibilidade no domicílio”, caso haja um parecer positivo nesse sentido da parte da Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL). Durante a reunião do executivo municipal, que ontem decorreu por videoconferência, o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, respondeu à recomendação apresentada pelo vereador da CDU, Carlos Almeida, solicitando a reposição do subsídio de refeição referente ao mês de Abril aos trabalhadores do Município neste regime.





Notícias relacionadas


Scroll Up