Fotografia: DR

Ola John culpa lesões pela irregularidade na carreira

Extremo admite que espera mais em 2019/20 no plano pessoal.

Lusa
30 Abr 2020

O extremo Ola John, atualmente ao serviço do Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, afirmou hoje que as lesões e a impossibilidade de realizar várias pré-épocas o têm impedido de chegar mais longe na carreira.

O ala holandês, de 27 anos, admitiu que a presente temporada, suspensa em 12 de março, devido à pandemia de covid-19, «não está a correr muito bem», até porque só cumpriu nove jogos e já sofreu duas lesões musculares, uma delas em julho, durante a pré-época, situação que realçou não ser inédita.

«As lesões têm sido muito difíceis para mim. Saí dos Países Baixos muito jovem [em 2012] para ir para o Benfica. Quando saí do Benfica para outros clubes [por empréstimo], em quase nenhum ano fiz uma pré-época normal. Um jogador profissional precisa de uma pré-época, de três, quatro ou cinco semanas. Num ano, fiz pré-época, mas, no seguinte, já não fiz», disse aos jornalistas, por videoconferência.

Apesar da época 2019/20, em que já fez quatro assistências para golo, não estar a correr como queria, o atacante nascido na Libéria salientou que o treinador Ivo Vieira fala regularmente consigo, dando-lhe «confiança», e mostrou-se «ansioso» por regressar ao trabalho na segunda-feira





Notícias relacionadas


Scroll Up