Fotografia: DM

Câmara Municipal de Famalicão está a receber 10 pedidos diários para apoio às rendas

Notícia em atualização

Joaquim Martins Fernandes
23 Abr 2020

Os impactos económicos da pandemia já têm efeitos visíveis nas famílias de Vila Nova de Famalicão. Desde que abriu o período de candidaturas para apoio ao pagamento de rendas aos munícipes que tenham perdas significativas de rendimentos, a Câmara Municipal já recebeu uma centena de pedidos de ajuda, acaba de revelar o presidente do Excecutivo Municipal, Paulo Cunha.

«Em cerca de 10 dias, já temos cerca de 100 candidaturas. É um número que impressiona», disse Paulo Cunha, acrescentando que «as candidaturas estão agora a ser criteriosamente avaliadas».

O autarca famalicense, que falava numa videoconferência que se seguiu à reunião camarária desta manhã, estima que, «em breve, haverá, certamente, muitos mais pedidos [de apoio ao pagamento de rendas]».

Mas deixa claro que, embora «satisfeito» por as famílias carenciadas recorreram aos apoios lançados pelo Município para ajudar os munícipes, o presidente da autarquia famalicense sublinhou que «gostaria muito mais» e que «ficaria muito mais feliz se as medidas [de apoio social] não fossem necessárias».

Na reunião camarária de hoje, realizada por videoconferência, o Executivo Municipal aprovou por unanimidade, o reforço do Orçamento Municipal para 2020 com mais 2 milhões de euros para a área social, que «já concentra uma boa parte» do bolo orçamental.





Notícias relacionadas


Scroll Up