Fotografia: DM

Ricardo Rio propõe medidas «essenciais» para a retoma da atividade económica

Presidente da Câmara de Braga criticou severamente «medidas erráticas» das autoridades nacionais

Joaquim Martins Fernandes
16 Abr 2020

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, defendeu a criação de «um manual sanitário» nacional que informe as empresas sobre os procedimentos que devem adotar na fase da reativação da atividade económica e sustentou que a «recuperação da economia bracarense será tanto mais rápida, quanto mais alargadas forem as medidas sanitárias» que protejam os trabalhadores da Covid-19.

A reivindicação do autarca bracarense foi feita no programa da SIC “Negócios da Semana”, que Ricardo Rio aproveitou para censurar a «atitude errática» que tem sido prosseguida pelas autoridades nacionais, no combate à pandemia causada pelo SAR-CoV-2. «Neste momento, seria da maior importância sabermos que haverá formação sobre os procedimentos que devem ser anotados pelos agentes económicos no fase de retoma da atividade empresarial», disse Ricardo Rio, deixando claro que «o manual de procedimentos” para empresas deve ser «a primeira prioridade» do Governo e das autoridade de saúde.

Conforme salientou, o “manual de procedimentos” deve contemplar «todas as medidas que devam ser acauteladas» pelo tecido empresarial para «evitar novos contágios» pela Covid-19, assim que o Governo abrir caminho ao regresso das empresas ao período “normal” de laboração.

Ricardo Rio avançou também com o que considerou ser «uma medida fundamental» para que as empresas não sejam obrigadas a nova paragem na sua atividade. «É da maior importância a criação de “unidades de espelho” que previnam a continuação da laboração das empresas em caso de contágio em toda a comunidade», sublinhou, alegando que a criação de “equipas de trabalho que se revezam” possibilita que haja substituição automáticas de eventuais trabalhadores que sejam infetados.

Participando num debate alargado em que foram analisadas as perspectivas que se antecipam para a economia nacional, Rio apontou como «exemplar» o modelo adotado pela “Bosch Car Multimedia” de Braga, que ontem regressou à laboração de uma forma «absolutamente controlada», depois de ter sido obrigada a encerrar portas por medidas sanitárias e económicas.





Notícias relacionadas


Scroll Up