Fotografia: DR

Presidente da República aponta para Maio reabertura «cautelosa» do país

Estado de Emergência

Francisco de Assis
16 Abr 2020

O Presidente da República prolongou hoje o Estado de Emergência até ao dia 2 de maio, mas desta vez deixou sinais de esperança num regresso «gradual e cauteloso» a uma normalidade possível, com abertura de alguns setores da economia.

Na declaração ao país, Marcelo Rebelo de Sousa elogiou a atuação dos portugueses nas últimas semanas, mas avisou que é preciso não deitar tudo a perder para que não se morrer na praia.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up