Fotografia: Arquivo/DM

Santuário de Balasar celebra festa da beata Alexandrina à porta fechada

Celebrações, no dia 25 de abril, serão transmitidas pela Internet

Jorge Oliveira
15 Abr 2020

O santuário de Alexandrina de Balasar vai celebrar, à porta fechada, a festa em honra da beata, no próximo dia 25 de abril, sob o lema “Como Alexandrina, viver Cristo Ressuscitado, rezar em tempo de sofrimento”.

A informação é avançada na página de facebook do santuário numa mensagem aos peregrinos, que são convidados a acompanhar as celebrações através da Internet.

«Caro peregrino, não venha a Balasar. As portas da igreja estarão fechadas e ninguém poderá entrar. Podem seguir pelo site do santuário», pode ler-se na mensagem.

Os responsáveis do santuário, depois de avaliarem a realidade atual, consideraram «importante» celebrar a festa, não só para assinalar a data do 16.º aniversário da beatificação de Alexandrina, mas, de um modo particular, para «rezar por todos os que sofrem por causa da pandemia, e pedir à Beata Alexandrina proteção para o mundo de hoje».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up