Fotografia: DR

Arcebispo de Braga pede aos sacerdotes um ordenado para o Fundo Social Diocesano

D. Jorge Ortiga refere que a Igreja não se pode ficar pelo «mero exigir às pessoas».

Redação/DACS
8 Abr 2020

O arcebispo de Braga pediu, numa mensagem dirigida aos sacerdotes diocesanos, que contribuam para o Fundo Partilhar com Esperança com o equivalente a um ordenado para que «esta Páscoa seja uma Páscoa de páscoas».

A informação é avançada pelo Departamento Arquidiocesano da Comunicação Social que adianta que o objetivo de D. Jorge Ortiga é dar «consistência» ao Fundo Social Diocesano para poder ajudar «pessoas com fome, desempregados» e os «empregados e trabalhadores dos centros sociais que virão a ter dificuldades por causa da nova situação económica».

Na mensagem, o prelado agradece os contributos dos párocos da Arquidiocese, notando que a Igreja não se pode ficar pelo «mero exigir às pessoas», sendo, por isso, necessário «encontrar soluções que, de um modo novo e totalmente diferente, garantam a sustentabilidade de todas as instâncias da Arquidiocese».

O Fundo Partilhar com Esperança criado em 2010, por ocasião da crise económica de então, tem como objetivos contribuir para a solução dos problemas sociais da Arquidiocese e cooperar no aprofundamento e atualização da ação social da Igreja na Arquidiocese de Braga.[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up