Fotografia:

Lar na Pousa voltou à normalidade após passagem de gestão para a Segurança Social

Presidente da Câmara de Barcelos faz ponto de situação do combate à Covid-19 no concelho

7 Abr 2020

O presidente da Câmara de Barcelos disse ao início da tarde que o lar do Centro de Apoio e Solidariedade da Pousa (CASP), em Barcelos, já entrou no seu «regular funcionamento», depois de desinfetado e resolvidas questões internas relacionadas com a gestão do equipamento durante este período crítico.

Utentes que tinham sido transferidos regressaram ao lar na passada sexta-feira, mas, segundo Miguel Costa Gomes, «os dirigentes não estavam preparados para o regresso» dos idosos.

Assim, a gestão do lar da Pousa passou, a partir de segunda-feira, para a alçada da Segurança Social, depois de uma reunião conjunta com representantes da Câmara de Barcelos, dirigentes da Instituição, representante da Cruz Vermelha e Delegada de Saúde e o diretor do ACeS Cávado III (Barcelos/Esposende).

«Jizou-se um plano para acabar com aquilo que era uma espécie de desnorte que aconteceu nos últimos 15 dias na gestão do lar», disse o autarca ontem aos jornalistas através de videoconferência, convocada para fazer o ponto de situação sobre as ações do Município no âmbito da prevenção e mitigação da pandemia do novo Coronavírus Covid-19.

A Instituição tem agora apenas um interlocutor, uma enfermeira contratada pela Segurança Social e, segundo informações recolhidas por Miguel Costa Gomes, a situação «voltou ao normal», nomeadamente no que se refere à limpeza do lar, à administração dos medicamentos, ao tratamento individual de cada utente.

«A informação que tenho [de segunda-feira] é que está tudo calmo, tudo sereno e que a situação se inverteu completamente daquilo que se passou no fim de semana, porque se criou algum caos e por isso foi preciso tomar uma atitude mais dramática e objetiva», indicou.

Tirando o problema do lar da Pousa, que agora parece estar resolvido, o autarca diz que a situação nos lares em Barcelos «está mais ou menos controlada, sem grandes dificuldades».

O concelho de Barcelos regista 109 infetados com o novo coronavírus, mais quatro que ontem, segundo o boletim da DGS.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up