Fotografia: Arquivo/DR
Bispo de Viana denuncia os incumpridores das normas e os que se aproveitam da pandemia

D. Anacleto Oliveira presidiu hoje à Missa de Domingo de Ramos com a catedral sem fiéis

Redação
5 Abr 2020

O Bispo de Viana do Castelo alertou hoje, na Eucaristia de Domingo de Ramos, para o comportamento das pessoas que recusam o isolamento, das que procuram açambarcar alimentos, produtos de higiene e outros para si próprios e das que procuram enriquecer com a pandemia de Covid-19.

Numa nota ao Diário do Minho, a Diocese adianta que a Eucaristia presidida por D. Anacleto Oliveira decorreu na Catedral, sem a presença física dos fiéis, no cumprimento das indicações da Conferência Episcopal Portuguesa e das diretrizes das autoridades civis e de saúde.

Contudo, a celebração foi transmitida em direto através da página de Facebook da Diocese e de órgão de comunicação social, tal como sucederá nas restantes celebrações do Tríduo Pascal a que o Bispo Diocesano presidirá e durante as quais falará dos vários grupos sociais afetados pela pandemia.

Na sua homilia, D. Anacleto comparou o comportamento dos discípulos que abandonaram Jesus ao das pessoas que hoje «não respeitam as normas que nos obrigam a estar isolados em casa», ao das que «procuram apenas o seu próprio bem, designadamente nas compras que fazem, açambarcando tudo para si», e ao das que «se aproveitam desta crise para enriquecer, muitas vezes de modo sujo».

Em jeito de conclusão, pediu que se reze por todas estas pessoas para que elas enfrentem a pandemia «com um olhar humano e cristão».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up