Fotografia: DM
Arcebispo de Braga convida fiéis a trabalharem mais a «vida comunitária»

D. Jorge Ortiga na Eucaristia celebrada no Paço Arquiepiscopal

Jorge Oliveira
4 Abr 2020

A Arcebispo de Braga convidou hoje os cristãos a trabalharem mais a «vida comunitária», num espírito de partilha e solidariedade.

«Usamos a palavra comunidade mas continuamos muito isolados. Não teremos necessidade de trabalhar mais a vida comunitária?», questionou D. Jorge Ortiga.

O prelado, que presidia à Eucaristia na capela do Paço Arquiepiscopal, transmitida em direto na págína de Facebook da Arquidiocese e no seu canal no Youtube, referiu que o ser humano sozinho «não é nada» e ele só se realizará vivendo o «dom da comunidade», numa adesão total a Cristo.

«A comunidade é o ambiente onde cresceremos na fé, através da ajuda mútua, do conforto nos momentos de dúvida, na certeza de que não estamos sozinhos nesta vida para Deus», explicou.

Afirmando que a comunidade, para muitos, «é uma palavra muito usada mas pouco vivida», o Arcebispo de Braga defendeu, assim, que «é a hora de a descobrir com o valor que ela tem para a realização humana».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up