Fotografia:

Candidato a líder distrital do PS defende mais medidas para os lares de Braga

Proposta já foi enviada à direção nacional do PS e ao Governo

3 Abr 2020

A candidatura liderada pelo vimaranense Ricardo Costa à presidência da Federação Distrital de Braga do Partido Socialista veio hoje defender que o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social deve alargar aos lares do distrito de Braga as medidas que já anunciou ir tomar em quatro distritos do país.

Num comunicado enviado às Redações, a candidatura «saúda» e «reconhece» que o Governo, através do Ministério do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, assumiu uma «iniciativa responsável», ao anunciar uma «resposta atenta e direcionada para o grupo de risco constituído pela população idosa, instalada nos lares do país».

A equipa de Ricardo Costa «alerta» que é preciso ir mais longe», nesta fase de mitigação da pandemia causada pelo SAR-CoV-2, defendendo que, além dos distritos de Lisboa, Aveiro, Guarda e Faro, também é necessário integrar o distrito de Braga no pacote de medidas.

«Consideramos esta medida urgente e imperiosa, tendo em conta o impacto do surto epidemiológico na região Norte e, em concreto, no distrito de Braga, sendo públicos e conhecidos, nomeadamente», sublinha o comunicado, que identifica vários lares de Vila Nova de Famalicão e de Braga «com vítimas mortais e com mais de 20 utentes infetados».





Notícias relacionadas


Scroll Up