Fotografia: Avelino Lima

Maioria da população do distrito de Braga tem respeitado restrições de Emergência

O Comandante Distrital da GNR de Braga garantiu que a maioria da população do distrito tem respeitado as restrições impostas pela situação de Emergência Nacional. Em entrevista ao Diário do Minho, o coronel Borlido da Rocha sublinhou que, contudo «há sempre alguns mais resistentes que têm uma perspetiva diferente, que consideram que a infeção só […]

José Carlos Ferreira
31 Mar 2020

O Comandante Distrital da GNR de Braga garantiu que a maioria da população do distrito tem respeitado as restrições impostas pela situação de Emergência Nacional.
Em entrevista ao Diário do Minho, o coronel Borlido da Rocha sublinhou que, contudo «há sempre alguns mais resistentes que têm uma perspetiva diferente, que consideram que a infeção só acontece aos outros e colocam-se em situações de risco, em muitos casos, desencessário, colcando também os outros em risco».
Segundo realçou, tem havido um «número muito reduzido» de pessoas a quem tem sido difícil explicar as restrições em vigor e a obrigatoriedade de ficar em casa, excepetuando as situações previstas na lei de Emergência Nacional. «Infelizmente, já tivemos que usar da repressão, isto é, proceder à detenção pelo crime de desobediência de alguns cidadãos. Mas, o que importa aqui relevar é que a esmagadora maioria, mesmo não estando a acatar de forma genuína as medidas, quando abordadas pelos nossos militares e quando sensibilizados a necessidade que recolhimento social representa para o controlar e o reduzir o contágio social da pandemia, as pessoas acatam e assumem que podem fazer mais, aceitam e retiram-se para as suas residências», acrescentou.





Notícias relacionadas


Scroll Up