Fotografia: DM

«Precisámos de acreditar numa fé centrada no essencial»

Arcebispo de Braga exorta cristãos a procurarem a verdade em Deus e não em «bruxarias, horóscopos, superstições»

Jorge Oliveira
30 Mar 2020

O Arcebispo de Braga exortou ontem os fieis a fazerem uma «adesão integral e permanente a Cristo», capaz de transformar a sua identidade, tendo por referência os primeiros cristãos que acreditavam incondicionalmente no amor de Deus.

«Precisámos de acreditar numa fé centrada no essencial, purificada das bruxarias, horóscopos, superstições – e como é importante falar disto nos tempos que correm-, numa fé que admite que só Jesus é o maior tesouro que podemos ter no mundo», defendeu o Arcebispo de Braga, na Eucaristia a que presidiu na capela do Paço Arquiepiscopal, transmitida em direto pelos canais online da Arquidiocese de Braga.

No momento da paz, D. Jorge Ortiga falou sobre a busca da felicidade, referindo que muitos procuram-na no desporto, outros na política, outros no dinheiro, outros no prazer, mas «apenas no coração misericordioso de Cristo» encontramos  a felicidade que procuramos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up