Fotografia: Arquivo DM

Mortos por Covid-19 em Braga estão muito acima da média nacional

Presidente da Câmara Municipal de Braga garante que a taxa de letalidade tem tendência para descer.

Joaquim Martins Fernandes
26 Mar 2020

O rácio entre o número de doentes infetados pelo novo Coronavírus e o número de mortos confirmados com a Covid-19 no concelho de Braga é quatro vezes superior à média nacional.

Na capital minhota morreram até à meia-noite de quarta-feira, 7,14 por cento do total de infetados, enquanto que, no país, a taxa de letalidade do novo Coronavírus é de 1,7 por cento.

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, desvaloriza o facto de o concelho ter uma taxa de mortalidade por Covid-19 elevada face ao país, alegando que o tempo decorrido «ainda é pouco para efeitos estatísticos» da mortalidade pelo novo vírus.

«Acho que, nesta fase, é demasiado cedo para fazer uma análise desse tipo», alegou Ricardo Rio, destacando o facto de «haver alguma discrepância entre os casos oficialmente confirmados e a realidade».

O autarca bracarense destaca a particularidade de Braga estar a fazer «mais testes do que outros concelhos» e contrapõe que «noutras localidades podem estar a ocorrer mortes que não são associadas ao novo Coronavírus, pelo facto de não serem feitos tantos testes».

Até à meia noite de ontem, dia 25 de março, Braga tinha 98 infetados, havendo ainda 10 concelhos do Minho com pelo menos 3 casos confirmados. No país, o número de doentes confirmados subiu para 3544 e o número de mortos cresceu de 43 para 60, ou seja mais 39,53% que no dia anterior.

Já o número de doentes dados como tratados disparou 95,45%, com os doentes recuperados a subirem de 22 para 43 no espaço de um dia.





Notícias relacionadas


Scroll Up