Fotografia: DR
Empresa de Braga produz viseiras de proteção para oferecer ao hospital e a lares

A empresa já entregou um total de 1500 viseiras, mas os pedidos continuam a “chover” de várias proveniências

Carla Esteves
26 Mar 2020

Os exemplos de solidariedade  dos portugueses, e em particular dos bracarenses, não param de crescer em tempos difíceis. Uma empresa de Braga, a Reclatempo- Reclamos e Publicidade, decidiu lançar mãos à obra e, com recurso ao engenho e à boa vontade, começou a produzir viseiras de proteção para o pessoal auxiliar dos lares de idosos e centros de dia da cidade, ajudando assim a suprir a falta de materiais de proteção em quantidade suficiente para as necessidades.

A produção começou apenas na passada segunda-feira, e desde então os pedidos não param de aumentar, tendo já sido entregues um total de 1500 viseiras, mas a empresa adianta que tem material para produzir 3000 e tem uma equipa de sete profissionais totalmente dedicados à produção deste artigo. 

A empresa está a trabalhar para dar resposta aos inúmeros pedidos que começaram a ”chover” de incontáveis proveniências, designadamente farmácias, lares e centros de dia e do próprio Hospital de Braga, a quem também já foram entregues viseiras.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up