Fotografia: DR

TUB não vão cobrar passes nem avenças de abril

Empresa municipal quer mitigar efeitos do Covid-19.

Rita Cunha
17 Mar 2020

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) anunciaram hoje que não vão cobrar os passes mensais durante o mês de abril. Com esta medida, a empresa municipal pretende «mitigar o impacto inerente à pandemia provocada pelo COVID-19».

Desta forma, os utilizadores dos TUB não terão necessidade de proceder ao carregamento dos passes para viajar nos transportes públicos de Braga. Contudo, a empresa apela a «uma racionalidade na utilização dos serviços de forma a serem evitadas deslocações desnecessárias e, caso haja a necessidade de utilização dos transportes dos TUB, os utilizadores devem respeitar as regras profilácticas e de distanciamento social aplicadas neste momento».

Outra medida implementada pelos TUB prende-se com a cobrança das avenças do estacionamento à superfície geridas pelos Estacionamentos Urbanos de Braga (EUB), não sendo cobrado o pagamento das avenças de abril a moradores e comerciantes.

Ainda em relação às zonas de estacionamento de duração limitada, os EUB «não irão cobrar os avisos de pagamento aos Bracarenses que façam prova de residência no local onde foram emitidos esses mesmos avisos». Assim sendo, os cidadãos residentes na zona do aviso de pagamento não serão taxados nem alvo de processo de contra-ordenação, informa em comunicado.

«Estas medidas são um desincentivo à circulação e deslocação de cidadãos ao centro da Cidade de Braga e um complemento às restrições já anunciadas pelo município de Braga, que têm como foco essencial a contenção deste fenómeno e a salvaguarda da saúde pública em defesa do bem-estar de cada um dos seus cidadãos», justifica a empresa.





Notícias relacionadas


Scroll Up