Fotografia: DM

D. Jorge Ortiga desafia a recuperar a tradição das Trindades

Neste tempo de isolamento social ou quarentena

Jorge Oliveira
17 Mar 2020

O Arcebispo de Braga desafiou hoje as comunidades paroquiais a recuperarem algumas tradições religiosas quotidianas que foram desaparecendo ao longo dos tempos como o toque dos sinos, de manhã, ao meio-dia e à noite, chamado as Trindades.

«Gostaria que os sinos das nossas igrejas, capelas, ermidas tocassem às 9h00, às 13h00 e às 19h00, batendo as seis badaladas», pediu D. Jorge Ortiga na Eucaristia que concelebrou na capela do Paço Arquiepiscopal, transmitada em direto através da Página do Facebook da Arquidiocese.

Assim, o prelado exortou os cristão a que nestes momentos «elevem a oração» com um Pai Nosso, uma Avé Maria e uma Glória.

«Temos muito a fazer para prevenir esta epidemia [Covid-19], podemos fazê-lo, e a oração é também a nossa melhor atitude», sugeriu.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up