Fotografia: DM

Empresas de Braga contribuem para reduzir despesas e “pegada ecológica” da Cruz Vermelha

Estes donativos vêm ao encontro dos objetivos estratégicos definidos para 2020, visando contribuir para a sustentabilidade ambiental da organização

Carla Esteves
10 Mar 2020

A delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa agradeceu hoje às empresas bracarenses SAPOL e Proworld por terem contribuído para a sustentabilidade financeira e ambiental da instituição, oferecendo equipamento de iluminação que valorizará ainda mais o trabalho desenvolvido pelas equipas do Centro de Alojamento Temporário (CAT) para pessoas em situação de sem abrigo, situado na freguesia de Nogueira.

Em resposta a um apelo lançado pela CVP de Braga a SAPOL ofereceu à instituição lâmpadas/focos LED no valor de 4 mil euros, ao passo que a Proworld, empresa de sistemas de segurança, também se associou à iniciativa oferecendo o serviço de instalação de todo o equipamento, no valor de 1000 euros.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up