Fotografia: DR
Escritor infetado com Covid-19 depois de ter estado na Póvoa de Varzim

Autoridades portuguesas já avisadas.

Redação / NC
1 Mar 2020

Luis Sepúlveda, escritor sul americano, está internado num hospital das Astúrias com coronavírus, depois de ter estado em Portugal, na Póvoa de Varzim, entre os dias 18 e 23 de fevereiro.

A informação está a ser avançada pela imprensa espanhola, que dá conta que o escritor, de 70 anos, deu entrada num centro de saúde privado em Gijón, na quinta-feira, e foi-lhe diagnosticada uma pneumonia aguda.

No entanto acabou por dar positivo no teste e foi confirmado que está infetado com o novo coronavírus Covid-19. Acabou transferido para o Hospital Universitário Central das Astúrias (HUCA), em Oviedo, juntamente com a mulher de 66 anos, avançou o jornal “Voz das Astúrias” (ver aqui).

Segundo a esposa, os sintomas apareceram no regresso a Gijon após uma semana em Portugal onde participaram no festival “Correntes d’ Escritas”, entre 18 e 23 de fevereiro, na Póvoa de Varzim,avançou o jornal asturiano “El Comércio” (ver aqui).

Os sintomas surgiram a 25 de fevereiro, terça-feira, dois dias depois de ter deixado Portugal, mas só procurou um médico no dia 27, quinta-feira.

«Na terça-feira, 25, começou a apresentar sintomas e na quinta-feira foi a uma consulta. Mas só esta manhã de sábado os resultados confirmaram que tinha coronavírus, após fazer exames devido a uma pneumonia de origem desconhecida», disse o chefe do Serviço de Vigilância Epidemiológica das Astúrias, Ismael Huerta.

A epidemia de Covid-19, que teve origem na China, já infetou 85641 pessoas em 58 países de cinco continentes, das quais morreram 2933, segundo números da Organização Mundial de Saúde (OMS), conhecidos às 16 horas de sábado. Das pessoas infetadas, mais de 39 mil recuperaram.





Notícias relacionadas


Scroll Up