Vídeo: Nuno Cerqueira

Na Póvoa de Varzim.

Nuno Cerqueira
26 Fevereiro 2020

Uma fábrica de painéis solares ardeu quase na totalidade, hoje à noite em Laúndos, freguesia do concelho da Póvoa de Varzim (ver fotogaleria).

O alerta foi dado pelo próprio proprietário da Energie, empresa que se preparava para expandir para mais um pavilhão na zona industrial de Laúndos, que viu através de uma app do sistema de video-vigilância as chamas dentro da unidade fabril.

Apesar do pronto e musculado socorro, com mais de 60 operacionais apoiados por 22 viaturas de vários concelhos do distrito de Braga e Porto, a fábrica ardeu praticamente toda.

«Os danos são avultados. Um piso da fábrica abateu, pois a carga térmica no interior da fábrica era muito grande», referiu o comandante dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim, Francisco Nova.

A unidade fabril, onde trabalham 40 pessoas, não terá condições para laborar.

No combate às chamas, para além dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim, estiveram bombeiros de Barcelinhos, Moreira da Maia, Trofa e Vila do Conde. A GNR tomou conta da ocorrência.

«Não há feridos a registar», apontou ainda o comandante Francisco Nova.

A Energie celebra este ano 39 anos de existência e e teve uma faturação a rondar 8,5 milhões de euros em 2019. A empresa exporta para mais de 50 países, como Itália, Espanha e Duba, mas também Argentina, Coreia do Sul e Nova Caledónia.


Outros Vídeos

Scroll Up