Vídeo: Avelino Lima (foto) / Pedro Vieira da Silva (vídeo)

Bólide tem 778 cavalos e chega dos 0 aos 100 km/h em 2,1 segundos.

Pedro Vieira da Silva
22 Fevereiro 2020

O piloto bracarense Ricardo Gomes foi o escolhido para pilotar o Tesla P100D Electric GT, máquina desenvolvida pela SPV Racing, liderada por Lars Lindberg e Raul Garcia, que vai disputar o Campeonato de Portugal de Montanha em 2020.

«Ricardo Gomes e o Team Acrescentar foram escolhidos para a estreia mundial do Tesla P100D EGT, viatura de motorização totalmente elétrica, com uma potência de 778cv, transmissão integral automática e uma impressionante capacidade de aceleração que o leva dos 0 aos 100 Km/h em apenas 2,1 segundos! Depois de ter iniciado a sua carreira nos ralis em 2005 e de ter conseguido diversas vitórias e pódios nos circuitos e nas rampas, a versatilidade de Ricardo Gomes foi fator crucial para este novo projeto no Campeonato de Portugal de Montanha, onde o Tesla P100D EGT promete ser o centro das atenções da temporada que arranca em março», destaca, em nota enviada às redações, a Acrescentar.
 
«É um momento muito especial na minha carreira e desde já agradeço ao Grupo Acrescentar pelo arrojo e pela confiança que deposita neste projeto único”, começou por referir Ricardo Gomes, que em 2019 venceu a Rampa da Penha e a Rampa Serra da Estrela na categoria Turismos 1, onde se sagrou vice-campeão nacional. “Somos pioneiros no panorama do desporto automóvel mundial e a aposta da SPV Racing é algo que também nos deixa bastante satisfeitos, pois o Lars (Lindberg) e o Raul (Garcia) perceberam que terão aqui uma excelente plataforma para mostrarem o trabalho que fizeram com o Tesla. O conceito de um GT elétrico de alta performance para competição é algo completamente novo e que, obviamente, me vai obrigar a descobrir todo um novo estilo de pilotagem. Mas também acredito que podemos redefinir o automobilismo profissional, pois este é o primeiro passo real para um desporto verdadeiramente sustentável – movido a energia elétrica e com carros de produção”, analisou o piloto bracarense, antecipando já o esperado confronto entre uma viatura exótica e singular como o Tesla P100D EGT e os tradicionais carros de competição com motor de combustão interna», destacou o piloto de Braga.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up